O Parque

Criado através do Decreto Estadual n° 2.312, de 11 de março de 1947, como Reserva Florestal, o Parque Estadual do Turvo foi uma das primeiras unidades de conservação instituídas no Rio Grande do Sul em 1954, através da Lei nº 2.440, de 02 de outubro de 1954, sendo a maior área protegida de proteção integral do Estado.

Com cerca de 17500 hectares, é o último refúgio para animais como a onça-pintada, a anta e o gavião-real (harpia) no Rio Grande do Sul. Por tais atributos é considerado por muitos ambientalistas como a área mais importante para conservação da fauna gaúcha ameaçada de extinção.

O principal atrativo turístico do parque é o Salto do Yucumã, a maior queda d’água longitudinal do mundo, com 1800 metros de extensão.

No contexto atual, o Parque Estadual do Turvo se destaca por ser a última porção significativa da formação vegetal do Alto Uruguai no Estado do Rio Grande do Sul.

11015807_570495856387363_840908240169542756_n.jpg

Salto do Yucumã. Foto: D. Meller.

Objetivos

Os objetivos básicos de parques cujo categoria o Turvo insere-se são a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Localização

Situa-se no município de Derrubadas, no extremo Noroeste do Rio Grande do Sul, Brasil. Através do Rio Uruguai faz fronteira com a província argentina de Misiones e divisa com o estado brasileiro de Santa Catarina.

_______________
Tópicos relacionados:
Biodiversidade
Uso Público
Educação Ambiental
Pesquisa
Fiscalização

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s